//
Você está lendo...
Economia e Agro

Inovação promove acesso do produtor rural aos mercados

Beneficiamento da produção e fuga do convencional são alternativas para aumentar a renda

Autores: Andriolli Costa e Janaína Mansilha
Publicado em 25/07/2010 

Imagem 168Campo Grande – Quando o pequeno produtor rural decide passar da agricultura de subsistência para a comercialização de sua colheita, uma das grandes preocupações é o acesso direto ao mercado. “Antigamente o produtor vendia seus produtos para as centrais de abastecimento, que repassavam para os supermercados. Hoje, as grandes redes compram diretamente de quem produz”, relata o pesquisador da Embrapa Hortaliças, Warley Nascimento. “No entanto, como eles exigem regularidade de fornecimento e grandes quantidades, muitos pequenos produtores acabaram ficando fora da cadeia de comercialização”.

Nascimento esteve sábado (24) na Feira do Empreendedor em Campo Grande, realizada pelo Sebrae Mato Grosso do Sul, ministrando a palestra ‘O desafio da inovação da horticultura’. Nela, apresentou algumas alternativas de que o produtor pode se valer para conseguir comercializar sua colheita. “A melhor saída é agregar valor à produção”, ensina. “Se ao invés de vender o pepino in natura, eu oferecer picles em conserva, por exemplo, posso vender o mesmo produto por quatro ou cinco vezes mais”.

A apresentação do produto é um cuidado que pode se mostrar ainda mais rentável do que a produção seriada. Com pequenas ações de beneficiamento, é possível aumentar consideravelmente os lucros. Os exemplos apresentados pelo pesquisador da Embrapa incluem desde mini cenouras, vendidas a R$ 16 o quilo, até às compotas de pimenta de cheiro. “Outra possibilidade é, ao invés de vender os legumes inteiros, fornecer pacotinhos de salada com os alimentos já picados”.

Inovação para aumentar os lucros da produção de hortaliças foi também o que procurou a presidente da Coopac de Mato Grosso, Idalice Nunes. Há 13 anos vivendo no assentamento 14 de Agosto, na cidade de Campo Verde, a produtora rural também esteve na Feira do Empreendedor para compartilhar suas experiências com a diversificação de culturas. No assentamento, além de verduras e legumes, os trabalhadores apostaram na produção de flores tropicais. A proposta deu certo, e hoje já são 26 espécies de flores colhidas no local.

Essa não é a única proposta diferenciada do assentamento 14 de agosto. “Nós buscamos fugir do tradicional”, relata Idalice. “Além de vender nossos produtos na feira, decidimos também trabalhar com turismo rural”. No Projeto Trilha dos Alimentos, os visitantes fazem um tour pelo assentamento e realizam uma série de atividades, como trilha, bóia cross e passeios a cavalo. No final, todos se encontram numa mini feirinha do assentamento, onde os visitantes podem adquirir todos os produtos do local. “Ninguém sai com a sacola vazia”.

Para aqueles os que procuram mais informações sobre oportunidades de negócio para o setor rural, o gerente de agronegócios do Sebrae, Marcus Rodrigo de Faria lembra: “O salão de agronegócios da Feira do Empreendedor possui consultores de 11 entidades parceiras que estão disponíveis para dar orientação sobre diversas cadeias produtivas”. A feira prossegue até domingo (25), e oferece uma série de palestras de orientação das 14h às 22h. Para acessar a programação e fazer a inscrição antecipada, basta acessar http://fe.sebraems.com.br .

São patrocinadores do evento a Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Senar, Funar, Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Mato Grosso do Sul (OCB-MS/ Sescoop-MS), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Federação do Comércio de Bens e Serviços do MS (Fecomercio), Gol, Shopping Norte Sul Plaza, Sistema Fiems, Banco do Brasil, Prefeitura de Campo Grande, Prefeitura de Dourados, Prefeitura de Três Lagoas e Governo do Estado de MS. A entrada é gratuita e a programação está no site http://fe.sebraems.com.br.

Serviço:
Sebrae em Mato Grosso do Sul – (67) 3389-5499
Central de Relacionamento Sebrae – 0800-570-0800
Informações para a imprensa – (67) 9980-2325 e 9271-2758

Anúncios

Sobre Andriolli Costa

Jornalista sul-mato-grossense em terras gaúchas. Atua principalmente nas áreas de jornalismo científico, cultural, rural e com estudos de Jornalismo.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: