//
Você está lendo...
Conjuntura

8 exemplos da histeria anti-petista no Facebook do Romário

18-06b

O Facebook do deputado federal Romário fornece material riquíssimo para qualquer estudo e caso sobre as redes sociais. Há cerca de duas semanas sua página atingiu a marca de 1 milhão de seguidores, que interagiam com o “baixinho” tecendo diversos comentários elogiosos sobre sua postura e projetos políticos. “Não acreditava em você e hoje tiro o chapéu”, comenta um usuário – e recebendo mais de 400 curtidas. “Quando vai ser presidente?”, pergunta outro, com 250 curtidas.

A coisa mudou de figura em 21 de junho com a divulgação da coligação com o candidato ao governo do Rio pelo PT, o senador Lindbergh Farias. A partir desse dia todas as postagens na página passaram a sofrer de uma histeria anti-petista incontrolável. Mesmo assuntos em nada relacionados ao partido, como notícias envolvendo pessoas com deficiência – tema frequentemente abordado por Romário – passaram a ser alvo de uma enxurrada de mensagens que pouco ou nada tinham a ver com o conteúdo compartilhado.

Muitos destes comentários podem ser fruto da chamada MAV – Militância em Ambientes Virtuais, grupos financiados por partidos para atacar oponentes ou defender posicionamentos nas redes sociais. Ainda assim, é interessante estarmos atentos, pois tamanho engajamento gerado certamente é um dado que merece ser observado.

Edit: Romário foi o Senador mais votado da história do Rio de Janeiro, com cerca de 4,7 milhões de votos (63,43%).

Vamos acompanhar abaixo alguns exemplos.

1) Dia mundial da luta contra esclerose lateral amiotrófica
21 - dia mundial da luta

2) Comida estragada para voluntários da Fifa
21d

3) Cientistas criam óculos inteligentes
23a

4) Superfaturamento dos estádios
23b

5) E no dia seguinte… Traidor vendido
24a

6) Falecimento de ex-atleta de polo aquático
26a

7) Turma da Mônica
26b

8) Porque agora tudo é politicagem
27

Anúncios

Sobre Andriolli Costa

Jornalista sul-mato-grossense em terras gaúchas. Atua principalmente nas áreas de jornalismo científico, cultural, rural e com estudos de Jornalismo.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: